• Creio

1ª Mártir do Stalking: Santa Scorese

“ Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra.” (Lc 1, 38).

A jovem italiana Santa Scorese, Serva de Deus em causa de beatificação, pode ser considerada a primeira mártir vítima Stalking, numa época que ainda não existiam as redes sociais (1991). Nascida em 1968 na cidade de Bari, frequentava assiduamente a Parrocchia del Redentore, construída pela Congregação Salesiana. Ali conheceu o Movimento Comunhão e Libertação (Comunione e Liberazione), e logo em seguida o movimento Focolari, fundado por Chiara Lubich. Amadurece seu discernimento vocacional, conclui sua faculdade de Pedagogia e ingressa como noviça no Instituto das Missionárias da Imaculada Padre Kolbe.

De profunda vida espiritual, testemunhada por meio dos escritos em seu Diário Espiritual, fez -se dom em favor dos mais pobres, ajudando como voluntária na Cruz Vermelha Italiana, além de instruir as crianças menos favorecidas. Na sua vida de luz, existe uma sombra que a perseguia por onde quer que ele estivesse. Um jovem desequilibrado, obsecado em te-la para si a todo custo, mediante telefonemas, correspondências etc. A partir de então, sua família e amigos passaram a protege-la das mãos deste homem.

No dia 15 de Março de 1991, Santa sai sozinha de casa para servir uma família pobre que por muito tempo ajudou, e no retorno, depara-se com este infeliz rapaz que aproveitando a oportunidade, esfaqueou-a repetidamente por 14 vezes. Levaram-na ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Com apenas 23 anos e uma vida inteira pela frente, seus sonhos e lutas se concretizaram na lembrança de uma jovem que dou-se sem medidas ao bem e cuidado para com o próximo na configuração máxima da caridade católica segundo o coração de Cristo, que antes de morrer pronunciou as palavras de perdão ao seu assassino, tal como nosso Senhor na cruz.

Deus é verdadeiramente o único e inabalável ponto fixo da vida de cada um de nós.

Em seu diário espiritual encontramos dentre várias pérolas de santidade o testemunho da primazia de Deus em sua vida:

"Descobri uma coisa: que Deus é realmente a única certeza inabalável da vida de cada um de nós. Sinto que agora, muito embora dentro de mim haja uma grande agitação, a Sua presença me doa tranquilidade e confiança, confiança no fato que eu não estou sozinha, que Ele me ama apesar de tudo, apesar dos meus limites, e sinto também a necessidade de escolhê-lo novamente a cada dia como a coisa mais importante para mim, pela qual vale a pena lutar, sofrer e morrer."


Do Diário de Santa Scorese: 17 de novembro de 1987.

Por Danilo Guedes, SDB

0 visualização

©2020 por Danilo Guedes