• Creio

Ricardo e o câncer: Jesus está comigo!



A história do jovem espanhol Ricardo Pareja Álvarez (21 anos) está girando todo mundo católico, inclusive jovens muçulmanos que rezam o Ramadán. A iniciativa de tornar pública sua história foi da sua namorada, Mónica Alcántara León, que começou a pedir orações na internet, e o mesmo fez os seus pais e amigos. O jovem descobriu a pouco mais de um mês de haver um tumor maligno nos pulmões. O que impressiona sobretudo, todo o mundo é a fé, esperança e alegria com a qual Ricardo combate este mal, mesmo correndo grave risco de morrer com apenas 21 anos. Sua fé convicta e enraizada, é testemunhada pelos membros do Caminho Neocatecumenal da qual ele e sua família fazem parte, sendo o quinto de nove filhos. Um jovem esportista, alegre e cheio de vida que decidiu viver em Deus o seu namoro com Monica que dura três anos.

Acolheu a doença como um “dom para entrar na intimidade com o Senhor”. Estudante de Finança, Ricardo disse que era um adolescente inquieto que se questionava de como conhecer a Deus e como servi-lo verdadeiramente.

Por isso, se no primeiro dia eu tive medo, depois entrei em outra dimensão: viver no hoje, em intimidade com Deus, estou na vontade do Pai que me pode chamar em qualquer momento, e isto eu chamo de graça... o futuro não existe, o passado é passado, o presente é Deus”.

O jovem explicou que a condição a qual se encontra o faz estar em comunhão com o Único que pode preencher o coração humano: “Comungo todos os dias e rezo sempre... repito: “Jesus eu confio em ti”, assim esta “Via crucis duríssima me traz felicidade”.

Mas como é possível falar assim diante da morte que se aproxima na vida de um jovem na flor da idade? No inicio os médicos pensavam que a doença de Ricardo fosse uma forma viral, e que ele, mesmo sentindo-se mais fraco e convencido que os doentes de Covid-19 deveriam ter a precedência, acolheu o sofrimento com paciência, permanecendo na sua casa.

O Bispo auxiliar de Barcelona, Dom Antoni Vadell (o qual conheci no verão de 2018 em Assis,Itália), sabendo da situação, o encontrou pessoalmente. No dia seguinte, durante a homilia na Catedral, Dom Vadell disse: “Ontem eu pude falar com ele, e no fim fiquei com um sentimento de gratidão no meu coração, perguntando-me: Mas qual é o segredo deste rapaz? Como consegue viver esta situação dolorosa? Pois ele é muito consciente daquilo que está acontecendo. E ainda: Como é possível que viva com esta esperança, com esta simplicidade no coração, com aquela alegria? Qual é o segredo de Ricardo? É uma pessoa dotada com qualidades excepcionais?

NÃO! Me respondeu: Sou um pobre garoto de 21 anos, um pecador. Um pecador, que porém se reconhece amado e que deseja de seguir Cristo e a sua vontade mais que a minha própria. Um jovem consciente de que a vida está nas mãos do Pai e que não quer tê-la para si a qualquer custo.

Fontes:

https://www.jovenescatolicos.es/2020/04/25/os-pido-oraciones-por-mi-novio-ricardo-pareja/

https://lanuovabq.it/it/ricardo-e-il-cancro-non-lo-temo-cristo-e-con-me

10 visualizações

©2020 por Danilo Guedes